sexta-feira, 14 de maio de 2010

Trânsito



Há pouco tempo, numa conversa de amigos, explicava a forma como conseguia ultrapassar vários carros nas filas matinais: "passo pela bomba de gasolina, sigo na faixa da direita e mal possa, meto-me".

Alguém, que não me recordo, disse-me: "és dos espertos, então".

Com o meu orgulho abalado, dei-me conta que estava a comportar-me de uma forma que considero errada.

Percebi também que a ansiedade que sentia ao tentar "furar" a fila de trânsito a isso se devia e optei por seguir calma e tranquilamente numa das faixas (tenho o estigma de escolher sempre a mais demorada).

Essa alteração de comportamento não se traduziu numa maior demora na chegada ao destino e fez desaparecer as preocupações com os agentes da PSP que por vezes estão junto à faixa de rodagem, com os outros automobilistas que podem não gostar da "brincadeira" e com o impedimento do trânsito na faixa da direita.

É que arriscar junto aos automóveis, só para os "entendidos" como o Xico, tal como se pode ver pela fotografia.

2 comentários:

  1. OI!!
    Contaram-me este fim de semana:)
    Fiquei mesmo feliz por voces.
    Abraço

    ResponderEliminar